Análises de Jogos / Brasileirão

São Paulo: mais um grande na série B?

são pauloA má fase do São Paulo é de preocupar. O elenco não é de time rebaixado, mas a briga política interna está afetando o rendimento do time. Isso reflete na posição do clube paulista na tabela do campeonato brasileiro: 19º, ou seja, vice-lanterna.

Será que essa situação é culpa exclusiva do Ney Franco? Não dá pra acreditar que um técnico campeão da Sulamericana e de um Sulamericano Sub-20 tenha deixado nenhum legado positivo ao clube. É a maior injustiça dizer isto. A crise está atrelada diretamente às más administrações dos últimos anos e da falta de planejamento. Além disso, dirigentes e cartolas acham que mandam mais que o próprio técnico.

Para piorar, Rogério Ceni, o maior ídolo da história do clube, acha que manda mais que os técnicos, dirigentes e, quiçá, presidente. Ele tem se achado acima do bem e do mal, justamente pelo status conquistado dentro do clube. Isso vem gerando uma liderança negativa, refletida a cada entrevista coletiva e dentro de campo. Pois isso mina técnico, comissão e jogadores.

Venho lembrar a todos que não existe essa de “time grande não cai”. Time grande pode cair sim, como Vasco, Corinthians, Atlético Mineiro, Fluminense, Grêmio já caíram e o São Paulo caminha a passos largos para a segundona. Podemos culpar todos: diretoria, ídolo, técnico e também a torcida. Pois, hoje, o São Paulo tropeça na própria soberba.

Outro ponto preocupante é a estatística apresentada pelo São Paulo. O clube tem no campeonato um início de Brasileirão pior que seus rivais: Palmeiras, em 2012, e Corinthians, em 2007, ambos foram rebaixados nestes respectivos anos. Outro dado que assusta é o aproveitamento: o Tricolor Paulista possui apenas 13%. São constatações alarmantes.

Agora, será que o Paulo Autuori vai abandonar o São Paulo da mesma forma que fez com o Vasco? Ele queria salários em dia, mas valeu a pena assumir um clube cheio de problemas em todas as camadas políticas? O que desejamos é que ele não tenha a mesma atitude antiprofissional como teve no time cruzmaltino (abandonar o clube quando mais precisava).

Torcemos para que o São Paulo se livre desta crise e não caia para série B, mas isso só vai acontecer quando tiver uma mudança de pensamento, ao começar pela diretoria e, depois, a torcida.

Por Klaus Wolff

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s